Saiba o motivo da Individualização de gás em condomínio estar se tornando tendência


Morar em condomínio é como fazer parte de uma comunidade, apesar disso muitos lugares estão adotando a individualização de gás em condomínio e demais contas, em alguns casos a pedido dos moradores.

Se torna cada vez mais comum moradores que preferem sistemas individuais de cobrança de contas, tornando a individualização de gás em condomínio, por exemplo uma tendência.

Caso você more em um condomínio a chance de haver um sistema individual é bem grande, mas você sabe qual o método de medida adotado pelo seu condomínio?

Neste texto além de descobrir o motivo da individualização de gás estar se tornando uma tendência, saiba quais são os tipos de medição mais usados.

 

 

Entenda os fatores que fazem a individualização de gás estar na moda

Sistemas de individualização de gás em condomínio vem se tornando a preferência de diversos moradores por gerar economia e melhor comportamento.

Os síndicos, que geralmente são os responsáveis por fazer a divisão da conta entre os moradores preferem o sistema individualizado, pois torna a cobrança mais prática e evita deslizes na hora de cobrar.

Outro fator que torna o sistema individual de cobrança conveniente é o fim de discussões desnecessárias sobre o pagamento das contas, em reuniões de condomínio.

Cobrar a conta de gás de forma individual, além de ser justo, tem efeito sobre os gastos gerais do condomínio, quando os moradores têm noção real do quanto gastam passam a economizar com maior frequência.

Morar em condomínios é optar por estar em um lugar seguro, o sistema de individualização de gás colabora com essa Idea, pois, alguns sistemas, não precisam estar ligados a um botijão de gás.

Empresas especializadas em serviço de individualização de sistemas, estimam uma redução de 40% no consumo após a individualização.

O dinheiro que é gasto com a individualização deixa a taxa do condomínio menor, possibilitando que haja mais investimento na renovação no próprio condomínio.

Outra informação passada pelas empresas que trabalham com individualização de gás é que, dependendo do tamanho do condomínio, o investimento é pago em dois ou três meses.

Moradores que vivem em condomínios antigos, mas desejam que seu condomínio tenha um sistema de individualização de gás é necessário que haja votação durante a reunião.

Caso a proposta seja aprovada o sindico pode tomar iniciativa para colocar o projeto de individualização de gás em prática.

Você entendeu alguns fatores que estão fazendo moradores de condomínio aderirem a sistemas individuais de gás, agora conheças as formas de medir os gastos.

 

Formas de medir os gastos do sistema individual de gás em condomínio

Existem duas formas usadas pelos condomínios para medir o consumo de gás, entenda como cada um funciona para não ter dúvida quando a conta chegar.

Medição por telemétrica

Um processo de comunicação automatizado, usando pontos remotos é capaz de coletar dados de lugares distantes ou de difícil acesso e transferir as informações para outros equipamentos.

Existem variações desse equipamento que, pode ser sem fio, com fio, analógico ou digital.

Medidor por rádio frequência

A medição é feita usando o medidor e uma antena de rádio frequência, a leitura é feita coletando as informações da antena que será instalado no condomínio.

O responsável pela leitura enviará os dados para um software que, funcionara como uma planilha de gastos.

Investir sistemas de individualização melhora a convivência entre todos do prédio e se torna sinônimo de investimento na infraestrutura do local.

Agora que você entendeu o que motiva vários moradores de condomínio optarem pela individualização de gás em condomínio e como a medição é feita o que acha de aderir essa inovação em seu condomínio também?